[Cinema] 40 cenas marcantes que foram criadas de improviso


Leonardo Dicaprio Django
26 – Django Livre (2012)
Leonardo DiCaprio estava tão ansioso para desmascarar os personagens de Jamie Foxx e Christoph Waltz que, ao bater as mãos na mesa de jantar, acidentalmente quebrou um enfeite e se machucou. Ele continuou a atuar, numa boa. Aquele sangue que voou na cara da atriz Kerry Washington era de verdade!


Heath Ledger coringa
27 – Batman – O Cavaleiro das Trevas (2008)
Para compor um vilão imprevisível como o Coringa, Heath Ledger abusou do improviso. E o acaso jogou a seu favor. Quando ele tenta explodir o hospital, a bomba demorou a estourar. O ator ficou confuso, deu umas pancadinhas no detonador e tomou um susto quando a explosão finalmente rolou.


McLovin Superbad
28 – Superbad – É Hoje (2007)
Quando é levado em uma viatura, McLovin (Christopher Mintz-Plasse) acaba escutando uma conversa nada agradável entre os policiais vividos por Seth Rogen e Bill Harder. Todo esse diálogo sobre sêmen (!) foi bolado na hora. A cena tinha quatro minutos, mas acabou sendo diminuída para um minuto na versão final


Indiana Jones Arca Perdida
29 – Os Caçadores da Arca Perdida (1981)
Indiana Jones se depara com um inimigo brandindo uma espada. O arqueólogo espera que o bandido termine o malabarismo, saca um revólver e simplesmente atira no cara. Foi a solução (bem engraçada) para não filmar a briga prevista no roteiro – nesse dia, Harrison Ford estava com intoxicação alimentar


O Exterminador do Futuro Arnold
30 – O Exterminador do Futuro 2 (1991)
Ser um mau ator ajudou Arnold Schwarzenegger a criar uma das falas mais célebres do filme. Depois que o Exterminador era socorrido por John Connor, o roteiro pedia que o austríaco fizesse uma “expressão de quem precisa de férias”. O grandalhão preferiu ser mais verbal e simplesmente disse “Preciso de férias”


Uma Linda Mulher Julia Richard Gere
31 – Uma Linda Mulher (1990)
Um dos momentos mais famosos surgiu de uma brincadeira de Richard Gere. Na hora em que Julia Roberts, interpretando Vivien, estendeu a mão para tocar o colar de diamantes que o personagem de Gere lhe comprou, o ator fechou rapidamente a caixa. A atriz se assustou e deu aquela gargalhada maravilhosa.


O Incrível Hulk Tony Stark
32 – O Incrível Hulk (2008)
Robert Downey Jr. (Tony Stark) e William Hurt (General Ross) criaram a cena adicional pós-créditos sozinhos. “E se eu lhe dissesse que estamos montando um time?”, perguntou Downey Jr., no improviso. Essa foi a segunda referência, em todos os filmes da Marvel, ao futuro filme dos Vingadores, lançado em 2012.


Imagem relacionada
33 – Harry Potter e a Câmara Secreta (2002)
Na cena do pato de borracha, Mark Williams mudava sua fala em cada tomada, segundo Chris Rankin (Percy Weasley), e sempre era engraçado.


Resultado de imagem para Se Beber, Não Case! baby
34 – Se Beber, Não Case! (2009)
Segundo o ator Zack Galifianakis, a cena em que Alan finge que o bebê Carlos está se masturbando “é o único improviso que vai me assombrar para o resto da vida”. Ele revelou ao site Total Film que ele primeiro testou a brincadeira em um boneco. O diretor Todd Philips gostou tanto que a incluiu no filme


Imagem relacionada
35 – Zoolander (2001)
Depois da fala de David Duchovny sobre a corrupção no mundo da moda, Ben Stiller se esqueceu de sua fala e perguntou “Por que modelos masculinos?” de novo.


Imagem relacionada
36 – O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel (2001)
O grito de Aragorn, quando ele chuta um elmo por frustração, aconteceu porque Viggo Mortensen tinha quebrado o dedão com a pancada.


Resultado de imagem para Willy Wonka entrance
37 – A Fantástica Fábrica de Chocolate (1971)
Gene Wilder aceitou fazer o papel de Willy Wonka desde que pudesse bolar uma entrada-surpresa no filme. Em cartas ao diretor, ele explicou seu raciocínio: “A partir desse momento, ninguém vai saber se estou falando a verdade ou a mentira”.


Resultado de imagem para Steve Carell depilation
38 – O Virgem de 40 anos (2005)
Foi a primeira vez que Steve Carell teve o peito depilado. Cada xingamento foi uma resposta genuína à dor.


Resultado de imagem para Rick Moranis party scene
39 – Caça-Fantasmas (1984)
Na cena da festa o diretor Ivan Reitman disse à revista “Rolling Stone” que o ator Rick Moranis foi improvisando conforme fazia a cena.


Ralph Fiennes mudava sua fala a cada tomada para que a reação do elenco fosse diferente.
40 – Harry Potter as Relíquias da Morte – Parte 2 (2011)
Nos minutos finais, Ralph Fiennes (Voldemort) mudava sua fala a cada tomada para que a reação do elenco fosse diferente.


Fontes:
MundoEstranho
AdoroCinema
BuzzFeed

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s