[Saiu de Cena] Morre aos 59 anos o dublador Paulo Celestino, de “Cavaleiros do Zodíaco”

FONTE

Morreu na manhã desta terça-feira (7), aos 59 anos, o ator, humorista e dublador Paulo Celestino, conhecido por dar voz ao cavaleiro de Câncer em “Os Cavaleiros do Zodíaco”. Ele estava internado na Santa Casa de São Roque, interior de São Paulo e sofreu parada cardiorrespiratória, segundo a mulher dele, Vanessa Alves.

O velório acontecerá no cemitério de Vila Alpina nesta terça, a partir das 16h. Paulo Celestino será enterrado na quarta, às 10h. Ele completaria 60 anos no próximo dia 14.

Paulo Celestino havia sofrido um acidente no estúdio de dublagem Dublavídeo, há cerca de três meses. Ele desmaiou, bateu a cabeça e precisou ser internado. Após ter recebido alta, começou a se sentir mal e voltou a ser hospitalizado.

“Ele vinha se recuperando, depois começou a emagrecer muito”, afirma ao UOL a atriz e dubladora Vanessa Alves, casada com Paulo Celestino havia 26 anos.

Reprodução/Instagram
Bruno Giordano, Claudia Raia, Paulo Celestino Filho e Karina Cooper no espetáculo “Gatão de Estimação” (1985)Imagem: Reprodução/Instagram

Trajetória

Paulo Celestino seguiu a carreira artística do pai homônimo, morto em 1988. Trabalhou em séries, novelas e humorísticos na TV, como “Viva o Gordo e “A Praça É Nossa”, foi jurado de Silvio Santos e também atuou no teatro como em “Gatão de Estimação”, com Claudia Raia. O ator, porém, se destacou na dublagem.

Um de papéis mais famosos é o de Máscara da Morte, cavaleiro de ouro de Câncer em “Os Cavaleiros do Zodíaco”, animação japonesa exibida no Brasil desde 1994. Em “Cavaleiros”, Celestino também dublou Ohko, rival de Shiryu de Dragão, e Jango, rival de Ikki de Fênix. Um dos trabalhos mais recentes de Paulo Celestino é novo anime de “Cavaleiros”, “Soul of Gold”, inédito no Brasil, que deverá ser lançado em 2018.

Celestino também dublou desenhos como “Babar”, que marcou a infância de quem assistia à TV Cultura, e também emprestou sua voz a astros de Hollywood como Al Pacino, em “As Duas Faces da Lei” e “Insônia”, e Morgan Freeman, em “Um Sonho de Liberdade”.

Nos últimos anos, Paulo Celestino trabalhava na Dublavídeo como diretor de dublagem de séries como “Revenge”, “Scandal”, Once Upon a Time” e outras exibidas pelo canal pago Sony.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s