[Sai de Cena] Oswaldo Loureiro morre aos 85 anos

FONTE – Morreu aos 85 anos Oswaldo Loureiro Filho, ator e diretor de teatro, televisão e cinema. Com extensa lista de contribuições na área, incluindo a presidência do Sindicato dos Artistas do Rio de Janeiro, se projetou como um dos grandes nomes do teatro brasileiro. Atuou de 1944 a 2005, e desde então estava afastado das atividades. O ator sofria de Alzheimer.

Grande boêmio, era frequentador assíduo do restaurante La Fiorentina, em Copacabana, Zona Sul do Rio de Janeiro, onde está lembrado em uma grande charge com outros boêmios feita por Chico Caruso, e pela assinatura nas colunas do estabelecimento.

Oswaldo Loureiro tem extensa lista de contribuições à arte

Nascido em família de artistas, Oswaldo Loureiro ingressou no teatro ainda criança. A mãe era cantora lírica, o pai, jornalista e ator, e as irmãs, bailarinas do Theatro Municipal.

Oswaldo Loureiro fez mais de 140 peças, entre papéis cômicos e dramáticos, e atuou também no cinema e na TV.

A estreia profissional no teatro ocorreu em 1955, aos 23 anos, quando integrava a companhia de teatro de Henriette Morineau, na peça Vestido de Noiva, montagem de Nelson Rodrigues. No ano seguinte, participou do elenco de Otelo, de William Shakespeare, pela Companhia Tônia-Celi-Autran (CTCA). Continuou na companhia até o último espetáculo, atuando em nove produções.

Em 1958, recebeu o prêmio da Associação Brasileira de Críticos Teatrais (ABCT) de ator revelação por A Fábula do Brooklin, de Irwin Shaw.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s