[Brasil] Ator volta de figuração com chato e reclama: As condições de higiene de um set são preocupantes


Um ator, que preferiu não se identificar, desabafou para a equipe do Atores que após fazer figuração para uma série brasileira voltou pra casa com uma infestação de chato, um inseto parasita, também conhecido como piolho-púbico, que prefere os pelos da genitália e da região perianal.

O ator gravou por 3 dias e disse que os figurinos não pareciam estarem limpos e imaginou que não estariam mesmo já que, segundo ele, a produção estava em um ritmo frenético de gravação há dias.

Ele também nos contou que ouviu pelos bastidores o caso de um outro ator que manifestou problemas de pele por culpa do figurino da mesma série e que se assustou com as condições de higiene do set de filmagens: “Além do figurino estar em situações nada higiênicas, eu me senti desconfortável também na parte de maquiagem do Set, os pincéis, esponjas e outros utensílios eram usados por todos que estavam se maquiando, cerca de 300 pessoas compartilhando os mesmos utensílios de maquiagem”, conta o ator.

Não é a primeira vez que casos parecidos acontecem, em 2017 o ator Cássio Scapin denunciou a TV Record após pegar sarna do figurino da produção da novela “O Rico e o Lázaro”.

Resultado de imagem para cassio scapin pegou sarna
Cássio Scapin em “O Rico e o Lázaro”

“Talvez, o figurino não tenha sido higienizado devidamente. Acabei pegando uma escabiose crostosa, que é uma infeccção altamente contagiosa. Eu comecei com uma coceira, uma irritação, vermelhidão na pele. Fui ao médico e foi aí que ele me falou que eu estava com sarna. E eram figurinos muito pesados, com a manutenção difícil”, disse ele.

Quais os problemas de usar figurinos e objetos compartilhados em Set’s?
A dermatologista Leandra D’Orsi, membro da diretoria da Sociedade Brasileira de Dermatologia, explica que o ato de compartilhar pincéis e outros produtos pode transmitir uma série de bactérias, “Há casos em que as bactérias podem agir de maneira mais agressiva e causar problemas como artrite, encefalite e até morte. Isso costuma ocorrer a pessoas em situações especiais, como os imunodeprimidos, que tem a defesa imunológica mais baixa”. Ela também conta que a prática de usar utensílios de outras pessoas pode transmitir Gripes, Resfriados, Herpes, Amigdalites, Verrugas, Foliculite, Micose, Mononucleose, Conjuntivite e Tersol.

Já os piolhos-púbicos são transmitidos ao passar de um pelo para o outro, o que costuma acontecer durante o contato íntimo, por isso, o chato é considerado uma DST. Entretanto, em alguns casos, é totalmente possível acontecer o contágio pelo chato através de roupas, toalhas ou roupas de cama contaminadas, entre pessoas que compartilham.

Mas o que fazer para se prevenir?
Infelizmente não temos controle sobre o estado de limpeza dos figurinos que nos são entregues em sets, bastidores e acervos escolares, depositamos sempre a confiança de que a produção conte com uma equipe de lavagem por trás de tudo.

Resultado de imagem para FUNGOS EM MAQUIAGENS

Para evitar doenças como chatos, micoses, sarnas e afins o ideal para os atores seria evitar o uso de roupas íntimas de figurinos e também não usarem as roupas emprestadas sem uma roupa íntima por baixo. O ideal também seria manter os pelos pubianos aparados ou depilados.  Outra dica seria manter em casa algum produto (sprays, loções, sabonetes, shampoos ou cremes) com ação insecticida.

“Sempre que o ator voltar de algum trabalho onde usou figurinos compartilhados o ideal seria se banhar com algum produto de ação inseticida e também ferver as roupas intimas”, diz Leandra D’Orsi, que complementa: “Outra recomendação para chatos seria passar vaselina nos pelos pubianos antes de vestir um figurino, caso exista contato com o parasita, ele não conseguirá se fixar na área”.

Para evitar o máximo de contato com utensílios de maquiagens compartilhados é preferível que os atores mantenham pequenos kits pessoais de maquiagem na bolsa, já cheguem no set com a maquiagem pronta ou adiantada, além de ficarem atentos a coisas estranhas no corpo, seja uma coceira, irritação, formigamentos e falta de sensibilidade em algumas áreas. Procure ajuda medica assim que aparecer algum sinal.

Os atores devem denunciar ao SATED!
Em qualquer situação em que profissionais se sentirem prejudicados ou lesados eles podem fazer uma denúncia ao SATED (Sindicato dos Artistas e Técnicos de Diversão) de sua cidade. A denúncia de ocorrências que atingem os direitos da categoria ou ferem os princípios de ética profissional ajuda o SATED a trabalhar por melhores condições de trabalho para todos.

Qualquer reclamação, denuncia ou outras motivações, devem ser dirigidas ao setor de Fiscalização, através do endereço eletrônico: fiscalizacao@satedsp.org.br ou pelo site, clicando AQUI.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s