[Quarta Parede] Fim das Relações

– Acabou?!

– Acabou.

– Mas…preciso de uma explicação razoável!

– Perdi o tesão.

– Não é mais atraente? Não há mais prazer? Não é possível…

– Há muito tempo perdi estes sentimentos.

– O que posso fazer para mudar a sua…

– Não há o que fazer. Siga a sua vida que eu sigo a minha.

– Mas era tudo tão lindo!

– Não me serve mais!

– É outra!?

– Não tem outra! Simplesmente acabou!

– O que ela te ofereceu?!

– Não há outra! Eu não suporto mais tanta instabilidade, lidar com isso é duro demais! Eu tenho uma vida e preciso dela!

– Nunca amou de verdade…

– Amo tanto que estou abrindo mão.

Ele olha em volta do palco, analisa as cortinas e os refletores. Ela não se conformava, ele tem tanto talento…

– Eu preciso parar!

Ele desceu e partiu, mas antes virou para ela e gritou:

– Mas você pode! Deve continuar! Quem sabe de uma próxima… eu serei mais forte.

Nem sempre entendemos, mas há talentos que não suportam a pressão da vida artística e abrem mão deste relacionamento perigoso, porém imprescindível e duradouro para muitos.

E assim encerro a minha participação como colunista do “Atores da Depressão”. Agradeço ao Juliano Bonfim e aos que comentaram, leram ou simplesmente foram tocados de alguma forma por alguns destes singelos textos, cujo objetivo foi retratar o universo psíquico, filosófico e espiritual dos artistas, esses seres tão incompreendidos…

Mas este não é o fim da “Quarta Parede”. A partir da próxima a coluna estará disponível no Blog da Habitart.

Por Luana Manso
Revisado por Zilma Barros

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s