[Repertório] Parabéns, você se formou na escola de teatro … E agora?

Jessica Pidsley ganhou o Prêmio Highly Commended Award em 2009 e desde então tem aparecido em várias produções de teatro e de rádio e recentemente recebeu cinco estrelas por seu show de stand-up  I Can Make You Thin(k) no Fringe Brighton .

Mas os meses após a escola de teatro não foram os momentos mais fáceis para Jessica (abaixo), enquanto se preparava para os seus trabalhos ela passou por muitos momentos de angústia que testaram a sua auto-confiança.

2009 Prêmio Spotlight Winner Altamente Recomendável Jessica Pidsley

Olá. Eu gostaria de começar este artigo dizendo – você graduou-se! Parabéns. Você mereceu. Respire. Você sobreviveu. Respire. Você conseguiu. Respire. Agora você vai realmente ter tempo para respirar novamente.

Se você for como eu, você será eternamente grato as aulas de voz enquanto estava estudando, porque elas realmente lhe deram alguns minutos para lembrar que você precisava respirar no meio de toda a loucura frenética que é a vida de um estudante.

Então, aqui está você , no precipício do resto de sua vida. A verdade não é bela, ninguém realmente sabe o que está acontecendo e todo mundo está apenas tateando a vida, fingindo que sabem o que fazem. Se você está se sentindo um pouco tonto e confuso você está na companhia perfeita, o resto da humanidade.

Este artigo é menos sobre conselhos práticos sobre o que fazer para progredir e chegar à frente neste negócio, a melhor forma de se preparar, e mais sobre como lidar com todas os campos em que um ator profissional está inserido.

Confie em mim quando digo que mesmo as pessoas que você acha que são de grande sucesso – ou elas podem apenas estar em um ano bom – cada uma delas está olhando para alguém e dizendo: “Eu desejo ser mais assim, “ou” Eu desejo isso para mim. ”

É tão fácil a gente olhar para os outros e comparar-se. Isso é completamente normal. Você vai fazer isso, mas você tem uma escolha e essa escolha é se você quer continuar a fazer isso e se sentir cada vez pior, adicionando mais e mais exemplos para a longa lista em seu cérebro de todos que estão fazendo algo melhor do que você, ou se você quer ter um momento seu, colocar a chaleira no fogo, pensar calmamente e dizer para si mesmo que está tudo bem. Você tem tempo. Você está em sua própria jornada. Respire.

Eu fico em pânico quando começo a pensar muito no futuro. E se eu nunca trabalhar de novo? E se eu não sou boa? E se eu não conseguir ganhar dinheiro suficiente para viver? E se…? E se…? Você acabou de sair de um curso de teatro, você se sente pronto, fresco, você só quer trabalhar…

Alguns de vocês já conseguiram seu lugar ao sol, alguns de seus colegas já conseguiram no meio do curso, mas a minha experiência foi que eu estava ansiosa para começar e nada aconteceu, e então nada aconteceu e, em seguida, nada aconteceu. Esta profissão pode lhe ensinar muito sobre si mesmo se você estiver disposto a aprender, sobre como ter paciência e confiar que as coisas estão funcionando perfeitamente bem para você.

Resultado de imagem para Jessica PidsleyAs literaturas da Guerra Mundial descrevem a agonia da espera perpétua, você precisa estar pronto para entrar em ação a qualquer momento. Eu não estou dizendo que ser um ator é o mesmo que ser um soldado na Primeira Guerra Mundial, mas também temos de encontrar métodos para aprender a lidar com a espera, temos de estar prontos a qualquer momento para uma função ou um emprego.

Acho que este é um grande momento para mencionar que não devemos esquecer que você é um ser humano, antes de ser um ator. Não se esqueça de que sua vida não é apenas a sua carreira, agora você tem todo esse tempo livre em suas mãos, aproveite. Reconecte-se com as coisas que você amava fazer antes de hipotecar sua vida por uma escola de teatro. Lembre-se de todos aqueles amigos que você tinha quando realmente tinha tempo para os amigos. Adquira um novo hobby que não gira em torno de teatro.

Eu comecei a atuar por várias razões: 1) Eu sempre amei me mostrar; 2) Eu amo aplausos; 3) Eu sou fascinada por pessoas; 4) Eu amo o processo criativo de gerar ideias e questionar o mundo em que vivemos; e 5) Eu realmente gosto de me mostrar.

Descobrir ou Redescobrir por que você queria ser um ator pode realmente te ajudar. Todo mundo tem diferentes razões. Alguns querem estar em filmes, séries, novelas, alguns só querem ganhar dinheiro, algumas pessoas querem ser super estrelas, algumas pessoas querem ser criadores de seu próprio trabalho.

Seja qual for as suas razões, confie nelas. Depois de formada eu passei  três anos me sentindo muito frustrada e então eu comecei a perceber que há um mundo de diferença entre o que você acha que quer e o que você realmente quer. Eu comecei a questionar o que eu realmente queria. Comecei a perceber que, para mim as minhas prioridades eram de controle sobre o meu trabalho (não sendo dito quando eu poderia ou não trabalhar), liberdade criativa (a capacidade de dizer o que eu queria, e não apenas ser uma porta-voz de idéias e palavras de outras pessoas) e para me divertir (eu estava irritada e amargurada com a profissão e eu tinha esquecido que eu costumava fazer isso porque eu amava). Só porque é o seu trabalho, não significa que ele tem de ser um trabalho.

 

Nós não podemos controlar as coisas que acontecem conosco, mas podemos escolher a forma que lidamos com o que acontece conosco:

Agentes/Agências: Por mais que seja muito bom e ajude muito você ser agenciado, abra muito o olho, cuidado com promessas, pesquise sobre a agência, procure conhecer outros agenciados… Essa é a sua carreira, não fique parado esperando alguém fazer algo por você, seja humilde, educado e faça da sua agência uma equipe. Confie em si mesmo, confie nos seus instintos.

Audições: Confie em si mesmo, seja ousado, faça escolhas e sustente as suas escolhas, por mais estranhas que possam parecer. Encare as audições como boas reuniões, independentemente do resultado, é a chance de conhecer pessoas novas, mostrar o seu trabalho para outras pessoas. O seu talento não está em questão, você é o que eles querem ou você não é.

Alimente a sua criatividade: Não importa o que você está fazendo, lembre-se que você é um artista. Você é um ser criativo, sua criatividade é exclusivamente sua e precisa ser alimentada. Assista peças, filmes, leia bastante, veja exposições, adquira bagagem cultural.  Nunca se sinta diminuído por suas escolhas. A sua opinião é tão válida quanto de qualquer outra pessoa. Respeite também a criatividade dos outros, assuma riscos e seja ousado.

 

Bom, a verdade é que ninguém pode te dizer como vai ser a sua Resultado de imagem para Jessica Pidsleyprofissão, cada um de nós está em seu próprio caminho, mas posso garantir-lhe que há formas de tornar a viagem o mais confortável possível. Seja paciente consigo mesmo, esteja preparado para o que vier, seja fiel a si mesmo e divirta-se.

Eu gostaria de terminar este artigo com uma bela passagem que me foi dada pouco antes da minha formatura, que tem sido uma influência poderosa sobre a forma como eu aproximo minha carreira da minha vida.

Em uma carta de Martha Graham para Agnes De Mille:

‘Há uma vitalidade, uma força vital, uma energia, um estímulo que se traduz em você pelo seu ato, porque só há uma de você o tempo todo; essa expressão é única. Se você a detém, ela nunca existirá por nenhum outro meio e se perderá. Ela não aparecerá no mundo. Não é de sua conta determinar quão bom ela é, nem quão valiosa, nem como se compara com outras expressões. O que te importa é mantê-la clara e diretamente sua, manter o canal aberto. Você não tem nem mesmo que acreditar em si mesma e em seu trabalho. Você tem que se manter aberta e alerta ao anseio que te motiva. Mantenha o canal aberto. Nenhuma artista é agraciada. [Não há] qualquer satisfação, em momento algum. Há somente uma estranha insatisfação divina, uma inquietação bendita que nos impulsiona e nos faz mais vivas que os demais.’

Material Original e Fonte

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s