[Atualidades] Retrocesso: Bancada evangélica pede fim de apoio cultural a LGBTs

A BANCADA EVANGÉLICA da Câmara Legislativa do Distrito Federal ataca novamente medidas de apoio à população LGBT. Desta vez ela criticou a portaria que cria política de fomento a atividades culturais de gays, lésbicas, bissexuais e transsexuais. De acordo com os parlamentares, a medida “fere o direito das famílias brasilienses”.

Publicada no Diário Oficial do DF na última sexta-feira (29/09), a portaria promove política de fomento e difusão de atividades culturais da comunidade LGBTI. O objetivo, entre outros, é cadastrar, identificar, mapear, produzir indicadores e valorizar agentes, coletivos, lugares, saberes, fazeres e expressões ligadas ao grupo. A Secretaria de Cultura do estado busca “descentralizar os recursos públicos e estimular o patrocínio pela iniciativa privada para democratizar o acesso aos meios de produção, circulação e fruição artístico-culturais relacionados à cultura LGBTI”.

Em junho, os EVANGÉLICOS também derrubaram a regulamentação da lei anti-homofobia no Distrito Federal.

REAÇÃO

Os deputados religiosos formaram a Frente Parlamentar Evangélica, liderada pelo deputado Rodrigo Delmasso (Podemos). O grupo entregou uma nota pedindo à Secult a revogação da portaria.

“As políticas públicas devem atender aos princípios públicos e não segmentados. No nosso entendimento, fere frontalmente os dispostos constitucionais”, diz o texto. Leia na íntegra:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s