[Vida e Obra] Naum Alves de Souza

Imagem relacionadaNaum Alves de Souza (Pirajuí, 1 de junho de 1942 — São Paulo, 9 de abril de 2016 ) foi um diretor, cenógrafo, figurinista, artista plástico, dramaturgo e professor brasileiro.

De formação religiosa presbiteriana, completou o curso colegial clássico em Lucélia, no interior paulista, e depois cursou apenas um mês numa faculdade paulistana de psicologia. No início dos anos 60, muda-se para São Paulo, onde dá aulas de educação artística e iniciação às artes plásticas para crianças e adolescentes. Mais tarde, por notório saber, deu aulas de cenografia na Escola de Comunicações e Artes da USP (ECA).

Em 1972, fundou o grupo teatral Pod Minoga, juntamente com seus alunos Carlos Moreno, Mira Haar, Flávio de Souza, Dionisio Jacob, Beto de Souza, Regina Wilke e Angela Grassi. Este grupo funcionou durante os anos 70, produzindo diversas montagens experimentais. Estreou profissionalmente como cenógrafo e figurinista de El Grande de Coca-Cola, um musical americano dirigido por Luís Sérgio Person no Auditório Augusta, em 1974.

Resultado de imagem para Naum Alves de SousaCriou e confeccionou os bonecos brasileiros da Vila Sésamo (1973 a 1977), entre eles Garibaldo e Gugu. Naum escreveu o especial Renato Aragão Especial. Foram dele os cenários e os figurinos do espetáculo Falso Brilhante da cantora Elis Regina e de Macunaíma, de Antunes Filho, em 1978. Em 1986, Naum escreveu o roteiro de Romance da Empregada, filme de Bruno Barreto. Autor de peças como No Natal a gente vem te buscar, A Aurora da Minha Vida, Um Beijo, um Abraço, um Aperto de Mão e Suburbano Coração, Naum é um dos principais nomes do teatro nacional. Na televisão, dirigiu a série A Guerra dos Pintos, na Bandeirantes, em 1999.

Como diretor teatral dirigiu várias peças, entre elas Fernanda Montenegro no monólogo Dona Calcida (1987), A Flor do Meu Bem Querer (2004), Sopros de Vida (2010) e Longa Jornada Noite Adentro (2013). Escreveu artigos para as revistas Vogue, Claudia e Revista do Sesc, entre outras. Durante quase três anos teve uma coluna semanal de contos / crônicas no Diário Popular. Em 2000, foi co-cenógrafo da exposição Brasil 500 anos – módulos de arqueologia, arte indígena e bio-antropologia, realizada no Oca, no parque Ibirapuera, em São Paulo. Em 2005, dirigiu a remontagem da ópera Os Pescadores de Pérolas no Teatro Municipal de São Paulo. Em 2015, Naum lançou livro de contos Tirando a louca do armário & outras histórias.

Em 2012, esteve internado num hospital por complicações causadas por miastenia, uma doença neuromuscular. Naum morreu em 9 de abril de 2016, aos 73 anos.

Sobre seu trabalho, o crítico José Castello não esconde seu entusiasmo: “A melhor imagem para a obra de Naum Alves de Souza pode ser a de um artista que vaza os olhos para ver melhor, porque deseja ver tudo e não apenas os espaços delimitados pela visão.[…] A pulsação delicada, quase castiça, que ele injeta em suas montagens não esgota, apenas insinua o vigor que lateja em tudo o que faz”.

Resultado de imagem para Naum Alves de Sousa

Obras
Peças de teatro
1977  Maratona
1979 No Natal a Gente Vem Te Buscar
1981 A Aurora da Minha Vida
1983 O Grande Circo Místico
1984 Um Beijo, um Abraço, um Aperto de Mão
1986 Nijinski
1989 Suburbano Coração
1991 Ódio a Mozart
1993 Um Ato de Natal
1995 Água Com Açúcar
1997 Strippers • O Pivô
2002 Aquele Ano das Marmitas
2003 Ilmo. Sr. • A Tia é Muito Esquisita • Domingo Feliz no Calçadão
2013  Operação Trem-Bala

Óperas
1992 Ópera do 500
1995 Os Pescadores de Pérolas
1999 Mme. Butterfly (versão compacta)
2003 Jenufa
2003 Sem data
2003 King Arthur
2003 Carmen (versão compacta)

Espetáculos de danças
1978 Senhores das Sombras
1980 Valsa para Vinte Veias
1981 Flippersports
1982 Petruchka
1993 Salão de Baile
2002 Doze Movimentos para Um Homem Só

Filmes
1971 Julia Pastrana (curta-metragem)
1986 Romance da Empregada
Década de 2010
2012 A Noite dos Palhaços Mudos (curta-metragem)

Livros
1983 No Natal a Gente Vem Te Buscar
1986  A Aurora da Minha Vida • Um Beijo, um Abraço, um Aperto de Mão
1987 Nijinsky
1989 Suburbano Coração
2015 Tirando a louca do armário & outras histórias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s